Área de Concentração: Psicologia

 

COERÊNCIA E ADEQUAÇÃO ENTRE AS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO, LINHAS, ATIVIDADES E PROJETOS DE PESQUISA.

 

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGP/IFCH-UFPA) foi estruturado em três linhas de pesquisa, às quais são caracterizadas da seguinte maneira:

 

 "Fenomenologia: Teoria e Clínica"

 

As pesquisas em Psicologia clínica são orientadas por meio de uma formação pedagógica, à qual articula uma interface com as ciências sociais e a filosofia existencial e hermenêutica, sobretudo para o desenvolvimento de uma metodologia específica, orientada pelas obras de Edmund Husserl, Martin Heidegger, Paul Ricoeur, Merleau-Ponty e Amedeo Giorgi. Os objetivos da linha são: a) realizar pesquisas qualitativas acerca das práticas em psicologia clínica aplicada à saúde individual e coletiva, a partir de seu vértice fenomenológico-existencial e hermenêutico; b) dialogar com a interface espiritualidade e sofrimento humano. A linha também propõe trabalhar com as metodologias que incluem a hermenêutica da linguagem, estudos de casos, em especial, da multiplicidade de casos estudados bem como com as revisões que atualizam temáticas de estudo, às quais incluem: suicídio, morte, saúde mental, psicoterapia gestáltica, efeitos subjetivos das tecnologias de informática e comunicação, religiosidade, corporeidade e arte.

 

Docentes Permanentes:

 

Adelma do Socorro Gonçalves Pimentel

 

Maria de Nazareth Rodrigues Malcher de Oliveira Silva

 

Cezar Luiz Seibt

 

Docentes Colaboradores:

 

Patrícia do Socorro Magalhães Franco do Espírito Santo

 

Lucivaldo da Silva Araújo

 

 "Psicanálise: Teoria e Clínica"

 

A linha trabalha com uma formação sustentada nos postulados freudianos, lacanianos, psicopatológicos, culturais e da Escola de Frankfurt. O objeto da Psicanálise pesquisado nesta linha é a constituição do campo psicanalítico e os conceitos da clínica psicanalítica: inconsciente, pulsão, repetição, sintoma, constituição psíquica, estruturas clínicas, transferência, interpretação, construção, ato psicanalítico, lugar do analista e direção do tratamento. Por fim, esta linha analisa as questões da clínica para a práxis psicanalítica, tais como: questões estas colocadas pela Psicanálise às instituições de saúde; a reformulação do campo da saúde mental;  a pesquisa universitária e a clínica psicanalítica.

 

Docentes Permanentes:

 

Ernani Pinheiro Chaves

 

Breno Ferreira Pena

 

Izabella Paiva Monteiro de Barros

 

Márcio Mariath Belloc

 

Mauricio Rodrigues de Souza

 

Roseane Freitas Nicolau

 

Docentes Colaboradores:

 

Ana Cleide Guedes Moreira

 

Paulo Roberto Ceccarelli

 

 “Psicologia, Sociedade e Saúde”

 

Oferece uma formação orientada por referenciais sistêmicos, foucaultianos, esquizoanalíticos, construcionistas e das clínicas do trabalho, oriundos da Psicologia social e da saúde coletiva, tematizando o estudo das categorias analíticas de abordagens teórico-metodológicas construídas na relação entre Psicologia, sociedade e saúde. Para tanto, investiga as práticas em clínica ampliada, grupos e instituições; a transdisciplinaridade em Psicologia, sociedade e saúde. A linha busca se ancorar no aporte de novos problemas epistemológicos, metodológicos e de ação a partir da perspectiva de uma interface entre Psicologia e ciências sociais, Psicologia e ciências humanas, Psicologia, políticas públicas e movimentos sociais.

 

Docentes Permanentes:

 

Airle Miranda de Souza

 

Alcindo Antônio Ferla

 

Flávia Cristina Silveira Lemos

 

Jacqueline Isaac Machado Brigagão

 

Janari da Silva Pedroso

 

Leandro Passarinho Reis Júnior

 

Maria Lúcia Chaves Lima

 

Paulo de Tarso Ribeiro de Oliveira

 

Victor Augusto Cavaleiro Corrêa

 

 As atividades acadêmico-científicas desenvolvidas no PPGP/UFPA, além das disciplinas obrigatórias e optativas compreendem participação em eventos nacionais e internacionais; em grupos de pesquisa, organização de simpósios e encontros que possibilitam que docentes e discentes interajam com os diferentes aportes teóricos e metodológicos do campo da Psicologia e das Ciências Humanas e Sociais, o que permite que os pesquisadores aprimorem seus conhecimentos, produzindo reflexões, às quais contribuem de forma mais consistente com a escolha argumentativa que seja agenciadora de uma forma mais sólida com o processo de investigação, de acordo com os objetivos formulados nos diversos projetos de pesquisa realizados em coerência com as linhas de pesquisa.

Os projetos de pesquisa do PPGP/UFPA tem sido espaços de forte produção acadêmica e social com temáticas que  situam-se no campo das ciências humanas e sociais, fundamentados de modo plural, em teorias psicológicas e metodologias de orientação psicanalítica, fenomenológica, sócio-histórica e em diversos olhares para o campo da saúde mental, educação, das políticas públicas, dos direitos humanos e saúde coletiva, em especial, no que se refere a pesquisas intervenção ou participante no campo da atenção à saúde.

Todos os projetos de pesquisa demonstrando a integração entre as propostas das linhas e as temáticas abordadas no PPGP encontram-se na página http://ppgp.propesp.ufpa.br/index.php/br/programa/docentes/permanentes  e no link: http://ppgp.propesp.ufpa.br/index.php/br/pesquisa/projetos/1052-ivan-macedo

As atividades de pesquisa e extensão de docentes permanentes na graduação repercutem na Pós-Graduação, como se pode analisar abaixo pela numerosa inserção de ingressos das Faculdades de Psicologia e de cursos das ciências humanas e da saúde no PPGP e, nos Grupos e Laboratórios do PPGP. Relacionamos uma lista de discentes que desenvolveram atividades de iniciação à pesquisa, em projetos coordenados por docentes deste programa, recebendo bolsas PIBIC e PIBEX das agências de Fomento da UFPA, Estaduais e Nacionais como: CAPES, CNPQ e Ministério da Saúde. Acessar o link: https://drive.google.com/file/d/19vzi3KLdY9d0cphT9PkKJln88SDn-NHQ/view